12/09/2017

Rodada de negócios reúne 64 empresas

Deste total, 49 vendedoras (Mato Grosso e Rondônia) e 14 compradoras de sete países da América do Sul

Compartilhe:
|

Cuiabá/MT - Um total de 49 empresas vendedoras (com exceção de duas de Rondônia, todas são de Mato Grosso)  e 14 compradoras de sete países latino-americanos (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai) se reuniram durante toda a tarde desta terça-feira, 05,  em uma rodada de negócios, cujos produtos em negociação foram basicamente alimentos e bebidas.

Cuiabá e Várzea Grande, representantes de Alta Floresta, Chapada dos Guimarães, Colniza, Curvelândia, Juína, Juruena, Velho e Ji-Paraná (Rondônia) participaram da rodada. Entre os produtos ofertados estavam sucos naturais, comida congelada, pão de queijo congelado, palmito em conserva, carnes e pescado, cerveja artesanal, castanha do Brasil, café, banana orgânica, tempero e arroz, entre outros.

Participante pela primeira de uma rodada de negócios internacionais, o empresário Rafael Maimoni, do restaurante cuiabano Dom Agostinho,  que se reuniu com representantes de empresas argentinas, paraguaias e chilenas, gostou da experiência.

“Embora tenha sido meu primeiro contato com compradores externos, foi uma experiência fenomenal. Queria entender como funciona este mercado, se há aceitação do produto, enfim obter mais informações”, disse Rafael.

Segundo ele, as empresas com as quais manteve contato não trabalham com congelados, mas a reunião foi produtiva porque houve interesse por parte dos paraguaios em adquirir massas secas (talharim e espaguete, principalmente), que ele também produz.   

Outro que aprovou a rodada de negócios foi o rondoniano Hamilton Condack, da Cooperativa Projeto Reca, da comunidade de Nova Califórnia, no município de Porto Velho (RO). Segundo ele, as perspectivas são de contatos futuros. “Já marcamos um encontro com uma empresa de Lima (Peru), que se interessou por nosso palmito em conserva. Nosso interesse é vender o palmito e comprar vidro para embalagem, aproveitando a logística deles”, disse.

A cooperativa já teve uma experiência com exportação há cerca de 10anos, quando vendeu palmito em conserva para uma empresa de Paris (França). Segundo Hamilton, só não houve continuidade porque faltou matéria prima. “Hoje não corremos mais este risco, porque nos estruturamos para evitar que isso volte a acontecer”.    

O argentino José Ramon Maurini, responsável pela área de comércio exterior da Bavosi S/A, que trabalha com frutas e secas e conservas, teve uma boa surpresa com a logística e com a organização do Sebrae Mato Grosso, responsável pela rodada de negócios.

“Não conhecia nada de Mato Grosso, mas gostei do que vi. Creio que poderemos fazer negócios, sim, com os empresários da região”, disse José Maurini, acrescentando que a Bavosi compra conservas de todo o mundo e frutas secas, principalmente do Brasil e Chile.

Serviço

www.sebrae.com.br
Unidade de Marketing e Comunicação Sebrae-MT
+55 65 3648 1214
www.mt.agenciasebrae.com.br
youtube.com/sebraemt
twitter.com/sebraemt
facebook.com/sebraemt
Rita Comini - +55 65 99932 1890
rita.comini@mt.sebrae.com.br

.CONTATO

Junte-se ao sebrae e uma ampla rede de parceiros para sua pequena empresa entrar no mercado de exportação com excelência e competitividade.

Encontre o Sebrae mais próximo de você

CUIABÁ - SEDE
Av. Historiador Rubens de Mendonça, nº. 3.999 CPA - Cuiabá/MT - CEP 78049-939
Fone: (65) 3648-1222
Email: atendimento.cliente@mt.sebrae.com.br
Site: www.mt.sebrae.com.br

ÁREA RESTRITA

Tag3 - Desenvolvimento Digital